3 Dicas Fáceis para você fazer na sua Bicicleta

ESTAS 3 DICAS VÃO ECONOMIZAR SEU TEMPO E DINHEIRO, E IRÃO PROLONGAR A VIDA DE SUA BICICLETA, COM CERTEZA!

Mesmo que você não seja um super mecânico de bicicletas, algumas manutenções simples você tem que conhecer.

Afinal lhe custaria muito dinheiro e tempo se todas as vezes que tiver problemas com a bicicleta você tivesse que levá-la a uma oficina especializada.

3-dicas

Além do mais conhecer um pouco de mecânica básica garante uma maior durabilidade dos equipamentos, precisão no seu funcionamento e melhora na performance.

Numa matéria publicada pela Bicycling após uma visita a uma das mais tradicionais oficinas de Nova York, o mecânico Mark Purdy revelou alguns dos seus segredos e listou 3 coisas que ele gostaria de ver seus clientes fazendo em suas bicicletas.

1 – Limpar e lubrificar o canote e selim

limpar-canote

De acordo com Mark, poucas coisas são mais frustrantes, demoradas, ou facilmente evitáveis do que um selim emperrado. Há vários casos inclusive de quadro danificados (principalmente os de carbono) por estarem com os canotes travados. -“O carbono do quadro e do canote aos poucos vão se fundindo e aí é impossível separá-los”, afirma Mark.

Veja como evitar este problema:

  1. Marque a altura do canote do selim com uma fita para não perder o fit da sua bike;
  2. Remova o canote e limpe-o bem com um pano limpo. Se necessário utilize algum solvente não agressivo para o material do canote. Um desengripante é o suficiente;
  3. Faça a mesma limpeza no tubo da bike por onde o canote entra. Limpe o mais fundo que puder;
  4. Passe um pouco de graxa (de preferência a branca ou aquelas que não agridem o carbono) dentro do tubo do quadro por onde entra o canote;
  5. Aperte a blocagem ou parafuso de fixação (neste caso fique atento ao torque máximo especificado para suas peças para evitar danos ao quadro e ao canote);

    Faça isso pelo menos 2 vezes no ano.

2 – Lubrifique as guias de cabos que ficam sob o tubo do movimento centra

lubrifique

Quer melhorar drasticamente a suas mudanças de marchas? Quer economizar alguns reais com manutenção do cabeamento?

Então trate de lubrificar os cabos e não se esquecer de pingar algumas gotas de óleo nos dutos por onde eles passam, na parte inferior do quadro. Ali é o local onde há mais concentração de sujeiras, água projetada pelas rodas quando o chão está molhado, suor, resíduos de bebidas das caramanholas, ou seja, tudo se concentra ali.

Com o passar dos dias vai a sujeira criando uma crosta que impede a passagem sem atritos dos cabos. Além de tudo vai formando uma oxidação que interrompe o fluxo adequado.

Antes de aplicar o óleo esfregue esta área com uma escova de dentes velha, se necessário jogue um pouco de desengripante para dissolver a sujeira, limpe com um pano e ao final lubrifique com algumas gotas de óleo.

Esteja certo: toda vez que você procurar o mecânico reclamando que suas marchas estão duras, ele fará isto, e não lhe cobrará menos que R$ 15,00 por esta simples manutenção.

3 – Limpe sua relação daquela graxa pegajosa

limpe-graxa

O mais comum é o ciclista lubrificar, lubrificar, lubrificar e lubrificar a corrente.

Ele faz isto sem se preocupar em retirar a sujeira que vai se formando pela junção do óleo e a poeira. A consequência deste mal hábito é a formação uma crosta de sujeira que aos poucos comprometendo o funcionamento da relação.

Sempre que você chegar de uma pedalada limpe sua relação com um pano seco. Se for necessário borrife (utilizando um borrifador) água com algum produto desengraxante ou anti gordurante (que funciona bem) na relação para retirar lama e pó.

Faça isto sempre que chegar de um treino.

A durabilidade dos componentes aumentará muito.

Você faz isto sempre? O que mais faz para manter seu equipamento. Conte para nós nos comentários abaixo:

Fonte: http://www.biketribe.com.br/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.